Archives for trabalhos

Revista Brasileira de Psicodrama volume 23, número 2, 2015

EDITORIAL Tenho a honra de apresentar este número da Revista Brasileira de Psicodrama! Ilustra a mudança de paradigma no movimento psicodramático: os autores trazem a grande diversidade de aplicações expressando a vitalidade da prática socionômica no Brasil atual. Há quase duas décadas, assumi a primeira de várias funções na Diretoria Executiva da Federação Brasileira de Psicodrama (Febrap). Após dois termos na função de Presidente, ganhei uma perspectiva privilegiada para acompanhar os principais diferenciais do psicodramatista brasileiro. Identifiquei intervenções grupais surpreendentes, geralmente muito bem avaliadas em congressos, projetos governamentais, comunitários, organizacional, de ensino, nas mais diversas áreas de atuação. O movimento
Read More

Revista Brasileira de Psicodrama – volume 24, número 1, 2016

EDITORIAL Estamos lançando o 23º volume da Revista Brasileira de Psicodrama. Apresenta o Psicodrama científico aplicado em diferentes contextos, visando a comunidade ampla de profissionais psicodramatistas e de outros referenciais teóricos. Na abordagem de uma determinada população, é preconizado o conhecimento das principais características do grupo, a identificação de possíveis desafios, além do levantamento de relatos de experiências anteriores para fundamentar a intervenção. Assim, a primeira etapa do trabalho inclui uma pesquisa bibliográfica. Com o aumento exponencial das informações, a seleção dos artigos deve seguir uma cuidadosa metodologia de busca. Até um passado recente, a busca era manual, o que
Read More

Revista Brasileira de Psicodrama – volume 24, número 2, 2016

EDITORIAL Apresentamos o segundo número do 24º volume da Revista Brasileira de Psicodrama, o quinto sob minha responsabilidade editorial. Nesse período, acompanhamos a evolução da produção científica dos psicodramatistas brasileiros com muita satisfação, pela identificação de um rigor científico crescente e principalmente com os primeiros artigos decorrentes de pesquisas bibliográficas com descrição da metodologia de busca. Em 2016, o número de artigos submetidos suplantou os anos anteriores, o que nos traz a esperança de melhores avaliações da Revista. Acredito que ainda não seja consenso o importante papel da Revista Brasileira de Psicodrama na divulgação das práticas grupais no país. Também
Read More

Disfunção do desejo sexual feminino

Fleury, Heloisa Junqueira; Abdo, Carmita Helena Najjar. Diagn. tratamento; 10(3): 158-160, jul.-set. 2005. DESTAQUES • A falta de desejo é a maior queixa sexual feminina em todas as faixas etárias. • A etiologia da disfunção sexual feminina é multicausal, com determinantes biológicos, psicológicos, socioculturais e relacionais. • O drive (biológico) estimula iniciativa e receptividade, expressas segundo padrões psicológicos e socioculturais. • Ainda não há consenso de tratamento e dose para a terapia androgênica da disfunção do desejo sexual feminino, indicada apenas na au­sência de outras condições etiológicas, em razão de possíveis complicações e contraindicações.
Read More

Amígdala e sexualidade

Os aspectos relacionados ao funcionamento sexual propriamente dito e também à experiência emocional e afetiva das dimensões psicossociais e relacionais da saúde sexual. Caracteriza-se, assim, uma abordagem biopsico-sociocultural da sexualidade, com atenção à intersubjetividade do casal, através da integração de diferentes áreas profissionais. Destaques • Elementos estudados pelas neurociências, relativos aos processos de aprendizagem e memória, estão abrindo novas perspectivas para a compreensão da complexidade da sexualidade. • As principais diferenças anatômicas e neuroquímicas entre os sexos estão situadas na amígdala, principalmente nas áreas mediais. • A qualidade da vida sexual é influenciada pelos circuitos emocionais subcorticais, que possibilitam experiências de intimidade e prazer,
Read More

Isoflavona na transição menopausica

Resumo didático • A qualidade de vida é um importante indicador de saúde, inclusive sexual. • “Fogachos”, suores noturnos, secura vaginal e desordens do sono são alguns dos sintomas menopausais que mais mobilizam a procura por ajuda médica. • Ocorre diminuição progressiva na resposta sexual no climatério para a maioria das mulheres. • A diminuição na intensidade dos sintomas menopausais está associada a melhora da qualidade de vida e, consequentemente, da função sexual. • Os dados disponíveis de pesquisa são insuficientes para recomendar a terapêutica com isoflavona como efetiva para sintomas menopausais, embora haja indícios de benefícios com essa terapêutica.
Read More